Aquarismo para iniciantesAquários, vidros lapidados, qualidade e segurança

Marinho

O aquarismo, apesar do que dizem, é mais que um hobby. 

É uma série de atividades que giram em torno de animais de estimação, no caso peixes e outros animais aquáticos, que precisam de atenção.

Oi! Eu sou o Marinho da Aquaterrário e hoje vou falar sobre as coisas básicas para quem quer começar um aquário. 

Ser um principiante no aquarismo pode parecer complicado, mas este é espaço para tirar suas dúvidas e fazer do aquaristas uma pessoa independente.

Com essas dicas queremos dar autonomia para cuidar de seus pets nadadores.

Primeiramente o aquarista iniciante deve pensar em tamanhos, formatos e locais para o aquário.

Mas é bom que não deixe de lado questões como: “Quais peixes ter no aquário?” e “quais as necessidades de espaço, filtragem adequada, iluminação?”.

Não dá para resolver tudo em um só texto, mas quero aqui passar dicas importantes e também quais os melhores peixes para iniciar seu aquário e por que.

the-girl-changes-the-water-in-the-aquarium-a-girl-2021-11-10-19-36-42-utc

Cuidados para aquaristas iniciantes

# Para começar: não escolha um aquário gigante se ainda não sabe o que fazer com ele.

É como aprender a dirigir usando um ônibus biarticulado. 

Comece pequeno e simples e vá crescendo junto com seus pets.

# Seu filtro precisa ser limpo rotineiramente, mas não use água da torneira para fazer isso.

Não devemos usar água de torneira nos filtros e outros materiais biológicos do aquário, pois os parâmetros são diferentes, pH, temperatura, composição etc.

O cloro e outros elementos presentes na água de torneira podem afetar toda a colônia bacteriana e biológica do seu aquário. 

Use a água do seu próprio aquário para lavar seu filtro e todos os itens que necessitem de limpeza. Depois é, claro, descarte essa água.

# O pH é importante. Um aquário é uma simulação de um habitat. Por isso não use água mineral no seu aquário, pois o pH muito elevado é prejudicial para grande parte dos peixes.

Já a água de poços artesianos deve ser evitada por não possuir minerais e seu pH é muito baixo.

Neste caso, o ideal é a água da torneira para encher o aquário. Aliás, a maior parte dos produtos pra aquarismo são desenvolvidos pensando na aplicação em água de torneira, como os anticloros, que condicionam a água ao nível ideal para os peixes.

# Limpe seu aquário sem desmontar tudo. É claro que temos soluções mais avançadas para não desmontar tudo a cada manutenção.

A dica para os iniciantes é optar por trocas parciais de água de 20% a cada semana e usar sifões para limpar o substrato. A Aquaterrário tem ótimas soluções para todos os tipos e tamanhos de aquário que facilitam a vida do aquarista.

E já que falamos em limpeza, os vidros do aquário precisam passar por isso semanalmente. 

As microalgas se acumulam nos vidros, já que a matéria prima deles é o calcário. 

Usar limpadores magnéticos ou lãs para vidro tira até as sujeiras e algas mais persistentes e não riscam seu aquário.

# Não perca a ração. As rações indicadas para os peixes de aquários são específicas e alguns tipos são tragados pelos filtros.

Molhar a ração a faz afundar mais depressa e faz com que peixes de diferentes faixas de água se alimentem sem desperdício de ração.

Uma ideia é colocar a ração em um potinho, molhar o recipiente e por no aquário. 

Peixes que ficam no fundo do aquário, como os cascudos, se beneficiam desse método de alimentação.

O mercado de pets também dispõe de flutuadores que ficam fixados por ventosas e não permitem que a ração se espalhe.

# Por último, mas não menos importante. Aquarismo é um aprendizado diário.

Nunca pense que já sabe tudo sobre os cuidados com seus peixes, crustáceos, algas, corais etc. Sempre é possível aprender mais e melhorar.

Deixe um comentário

× Como podemos te ajudar?