Facilidade de manutenção de um aquárioComo cuidar dos aquários

Marinho

Olá pessoal.

Hoje queremos ajudar os pet shoppers a mostrar aos seus clientes que manter seus aquários é muito simples.

Para quem não me conhece, eu sou o Marinho, seu guia de aquarismo neste blog.

Sabemos que há muitas pessoas que entram nas lojas de animais de estimação para olhar os aquários…

figura 6

Aí elas ficam pensando: “puxa, queria um aquário, mas deve dar trabalho”

Figura 7

Nosso dever, como amigos dos peixes de aquários, é ensinar e mostrar que não é complicado.

Sim, sabemos que precisa ter cuidados para ter peixes saudáveis. Como: qual tipo e tamanho ideal do aquário, que espécies de peixes ter, qual a água ideal, quais luzes usar, que tipos de comida etc.

Mas, pense que a Aquaterrário está aqui para deixar essa tarefa mais simples.

Nós temos soluções que vão facilitar a vida dos vendedores e compradores desses pets que nadam.

Afinal, estamos pesquisando e produzindo recursos para facilitar e difundir o aquarismo desde 1995.

Muito bem! Vamos lá! Você escolheu o aquário ideal e os peixes que quer criar

Precisa pensar no primeiro cuidado, que é fazer a manutenção da água. Não podemos esquecer que, antes de colocar a água nova e filtrada, precisa preparar com os condicionadores.

Com algumas gotas de condicionador é possível impedir que o cloro e outras substâncias presentes na água tratada façam mal para os peixes.

Limpar o aquário e manter o ph ideal é outra coisa necessária para manter os aquários nas lojas e em casa. No segundo caso, isso é muito mais fácil do que se imagina. Basta uma colher de café de bicarbonato de sódio para balancear o ph.

Já limpar o aquário requer um cuidado maior. Não esqueça que lidamos com peixes, que são criaturas delicadas, e queremos manter o ambiente o mais sadio para eles.

Há várias etapas de limpeza, mas a primeira regra é: não troque toda a água dos aquários

Ponha seus peixes em um local que tenha a água onde eles estavam, de preferência em um recipiente com o aerador.

Lave os objetos e vidros com cuidado, de preferência com esponja e detergente neutro. Se puder, use bucha vegetal para evitar os polímeros das esponjas industrializadas.

Recoloque os objetos de volta no aquário, de preferência na mesma posição em que estavam.

Chegou a hora de devolver os peixes para seu habitat. Para isso precisa por água limpa, depois de pingar umas gotas de condicionador.

Vá usando um pequeno balde ou caneca, com cuidado e devagar, para a água para não cair com força e manter o substrato do fundo. Depois, colocar os peixes de volta com aquela água que sobrou. Assim eles voltam a um ambiente familiar sem riscos.

Se você colocar uma água totalmente limpa os peixes estranham porque não tem nenhum nutriente na água.

Por fim, isso vale para os lojistas e para os donos desses pets de barbatanas, jamais encha demais os aquários.

Seja com um monte de peixes, ou pedras, acessórios e plantas. Nenhum ambiente deve estar sobrecarregado.

Escolha sempre peixes de espécies compatíveis, mas não iguais.
Lembre-se que um aquário é a recriação do ambiente natural, e há muitos peixes no rio, mar, lago…

E não esqueça: o alimento correto mantém os peixes saudáveis!

figura 8

Se precisar de mais informações ainda, não esqueça que a Aquaterrário está aqui, com uma solução ideal para seu display de aquários.

Afinal seu cliente merece ter informações e soluções ideais para manter seu hobby.

Deixe um comentário

× Como podemos te ajudar?