Mercado de animais de estimação cresce

peter-plashkin-F3lBkL_y9KY-unsplash1
Marinho

Olá! Eu sou o Marinho da Aquaterrário e quero falar mais um pouco sobre o crescimento dos pet shops, especialmente dos lojistas que investem no mercado de aquarismo online e físico.
Sim, porque os dois ambientes têm crescido muito, mesmo durante o auge do distanciamento social.
Aliás, se você, lojista, ou empreendedor, pretende investir no mercado de animais de estimação e tem dúvidas, mostraremos alguns números de 2020, e, quem sabe, você se anima.
De acordo com dados coletados pelo IBGE, Abinpet, Instituto Pet Brasil e Euromonitor, o mercado de pets em geral faturou R$ 40,1 bilhões no ano de 2020 como um todo. Na ocasião o Brasil contava com mais de 40 mil pet shops e empregava 2,4 milhões de pessoas.
E estamos falando apenas de lojas físicas.
Desses números, mais de 50% dos gastos é com ração animal; 12,1% com criadores; 11,8 em medicamentos; 10,4 % serviços gerais e 15,9 com veterinários e pet care.
Aliás, o mercado, que continuou crescendo durante a pandemia, coloca o Brasil em terceiro lugar no hall dos bichos de estimação com 139, 3 milhões de animais (cães, pássaros, gatos, peixes e outros), atrás apenas da China (464 milhões) e Estados Unidos (259 milhões).

O que o aquarismo tem a ver com isso?
Nesse momento o que se pensa é qual a parte do aquarismo nesse panorama?
Muito bem. Como disse em outros posts, de acordo com o IBGE, 11 milhões de brasileiros são adeptos do aquarismo.
E esse é um mercado que cresceu quase 6% ao ano desde 2019.
De acordo com o ranking de animais de estimação, os peixes ornamentais ocupam a quarta posição na preferência nacional, com 19,4 milhões de peixes.
Apesar de alguns estudiosos no assunto dizerem que esse número apresentado é menor que o real.
Houve grande crescimento no mercado online, mas as lojas físicas investiram fortemente no aquarismo, e quem apostou na presença de aquários, não se arrependeu.
Afinal, além dos próprios tanques e peixes, há toda uma infraestrutura para manter os pets nadadores, como algas, objetos de decoração luminárias como a Aqualed, mídia biológica, filtros e muito mais.
Os aquários das lojas, que antes pareciam ser um custo, passaram a ser um investimento para o lojista, pois atraem visitantes pelo colorido e pela beleza, criando cada vez mais adeptos.
É claro que há alguns cuidados a se tomar, mas com os equipamentos certos, que a Aquaterrário disponibiliza, o lojista terá um setor sempre atraente para seu cliente.

Deixe um comentário

×